Torcicolo

Você já teve Torcicolo?

Viva Quiro Spine

O torcicolo é uma contração involuntária dos músculos do pescoço e, apesar de ser uma queixa bastante comum, deve ser tratado da forma correta para evitar problemas maiores.

 

O tipo de torcicolo mais comum resulta de uma má postura ao dormir ou ao utilizar o computador, vídeo game ou smartphone, por exemplo, causando dor no lado do pescoço e dificultando o movimento da cabeça.

 

Acordar com torcicolo ou em função dele é uma sensação terrível de dor e incapacidade, uma vez que a pessoa fica com dificuldade para movimentar o pescoço. Em alguns casos a pessoa não consegue movimentar o pescoço para nenhum lado impedindo que realize suas atividades rotineiras.

 

Entre as queixas mais comuns de dor na população em geral está a dor no pescoço, porém o torcicolo é uma dor diferente, mais aguda, e autolimitada. Ela pode ser derivada de vários fatores como a má postura, lesões, atividades com movimentos bruscos, posturas prolongadas no pescoço e espasmos nos músculos entre outras condições médicas. O mais comum é ocorrer o torcicolo em um momento de fragilidade do organismo, combinado a um vento frio durante a noite (ventilador, ar condicionado ou janela aberta) e combinado a uma subluxação vertebral.

Torcicolo
Torcicolo
Torcicolo

Tipos de Torcicolo

Viva Quiro Spine

Existem diversos tipos de torcicolo, vamos detalhar alguns deles:

 

O torcicolo agudo é o mais comum e benigno. Como comentamos acima, pode-se sentir a dor ao acordar depois de dormir em uma posição ruim. Ele pode desaparecer sozinho durante o dia ou ser tratado com pomadas, gel ou compressas. A Quiropraxia ajudará a acelerar esse processo por devolver ao corpo a capacidade de conduzir melhor  os impulsos nervosos e assim curar-se com mais eficácia.

 

Um tipo de torcicolo mais incapacitante é o espasmódico. Decorrente de algum movimento brusco ou errado ele surge repentinamente. É a popular “fisgada”. Nesse caso os músculos se contraem violentamente e o pescoço, travando-o numa certa posição. Rotacionar a cabeça torna-se ou impossível ou extremamente doloroso. Classifica-se em torcicolo espasmódico quando ele ocorre com frequência.

 

Existe uma forma de torcicolo que é relativamente raro (cerca de quatro afetados em cada 1000 pessoas) e pouco conhecido e que aparece no nascimento chamado de congênito. O torcicolo congênito é decorrente de uma posição ruim da criança no útero ou cujas cervicais sofreram durante o parto.

 

Nos torcicolos não congênitos, ou seja, adquiridos, pode haver diversas causas diferentes como resultado de cicatrizes e doenças de vértebras cervicais, de reumatismo, de aumento das glândulas cervicais, resfriados, posturas incomuns, adenite, amigdalite, tumores na base do crânio, infecções na faringe e infecções de ouvido.

 

Não podemos esquecer que quadros de ansiedade e de estresse também podem ser fatores causadores da tensão dos músculos e, por decorrência, de torcicolo.

Está com torcicolo? Venha para a Viva Quiropraxia, estamos prontos para te atender!

Sintomas de Torcicolo

Viva Quiro Spine

É fácil identificar os sintomas do torcicolo. Contração involuntária e enrijecimento dos músculos do pescoço causando o bloqueio da cabeça, de um ou dos dois lados e tornando qualquer movimento difícil e extremamente doloroso. A duração do torcicolo é geralmente de três a cinco dias e, em alguns casos, a dor pode irradiar para o braço, ombro ou parte superior das costas.

 

Devemos acompanhar se o torcicolo vem acompanhado por uma febre ou vômitos, pois nesse caso, é sintoma que há alguma outra afecção envolvida. Outros sintomas do torcicolo incluem, principalmente, dores de cabeça, dores no pescoço, tremores, inchaço dos músculos, formação ocasional de “nós” nos músculos, assimetria no rosto e um ombro mais alto de um lado do corpo, entre outros.

 

O torcicolo agudo também pode aparecer devido a esforço exagerado no pescoço na academia, ao fazer abdominais incorretamente, devido diferenças significativas e bruscas de temperatura, ou num acidente de carro como numa colisão traseira onde o pescoço recebe o impacto e o “efeito chicote”, por exemplo.

Tratamento do Torcicolo

Viva Quiro Spine

A identificação e diagnóstico correto de cada tipo de torcicolo é muito importante para que se faça o tratamento mais adequado, pois existem diferentes formas de tratamento cada um com uma duração.

 

Pode ser necessário o uso de um colar cervical por alguns dias impedindo movimentos bruscos ou dolorosos. Se a dor persistir podem ser utilizados anti-inflamatórios ou analgésicos, assim como relaxantes musculares.

 

O tipo de tratamento mais utilizado é a terapia física. Esta consiste, basicamente, no alongamento e no relaxamento dos músculos e na prática de exercícios de fortalecimento para estimular o equilíbrio muscular. A aplicação de calor no local também ajuda a relaxar os músculos. Este tratamento resolve boa parte dos problemas de torcicolo, recomendando-se a busca de um quiropraxista. A quiropraxia acelerará esse processo de recuperação, por devolver a capacidade do corpo de identificar e corrigir o problema.

 

A principal diferença da Quiropraxia para os demais tratamentos é que ela não utiliza medicamentos ou quaisquer procedimentos cirúrgicos. Ela se vale de técnicas manuais que visam ajustar e/ou manipular as articulações promovendo a interação entre a coluna vertebral e o sistema musculoesquelético e, se realizada por profissionais habilitados, tem o potencial necessário para tratar e prevenir diversos tipos de dores. Ela beneficia a capacidade funcional das diferentes estruturas do corpo, ou seja, não só trata como previne quadros de desordens do sistema neuro-músculo-esquelético (músculos e nervos que compões a coluna vertebral), o que leva a uma melhora da qualidade de vida dos pacientes.

 

Quando não ocorre um impedimento de movimentação, podem ser realizados alongamentos e também exercícios de reabilitação para melhorar a movimentação e força das partes afetadas e podem ser indicadas ainda técnicas de relaxamento.

Torcicolo
Torcicolo
Torcicolo

Prevenção do Torcicolo

Viva Quiro Spine

Além dos inúmeros tipos de tratamento, a prevenção sempre será a melhor das opções. Saber como dormir corretamente, manter uma adequada postura, evitar movimentos bruscos e também criar uma rotina de alongamento e relaxamento da região podem ajudar muito a evitar o torcicolo, pois previnem as lesões musculares e neurais na coluna cervical.